Talento

Queria ser músico.
Sem muito sal,
Aprendeu flauta doce.
Com muito custo,
Entrou pra uma banda barata.
Pouco satisfeito,
Aprendeu a tocar triângulo.
Um dia percebeu
Que o melhor que tocou
Foi a sua vida,
Sempre afinada
Em um tom abaixo
E conduzida n’um ritmo
Precisamente lento.

Published by

3 thoughts on “Talento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s