Estiagem

não amar é seca
aridez completa
que estação nenhuma molha
terra infértil que não brota nada
onde não existe amor
existe a fome, a seca
e um período longo de estiada
não amar é seca
é sol que queima a pele
mesmo quando tá de noite
tudo é dia
como se existisse amor, mas não existe
e quase ninguém lembra de quando existia
onde não existe amor
pouca coisa resiste
continente, povo, gente, cidade
e se não existe amor
ninguém sabe o que é mentira
ou o que é verdade
nem onde cresce o tal do amor
se ele dá no peito
ou se dá na saudade.

Published by

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s