Coração na mão

Uma vez você me disse
que o seu coração era meu
e eu fiquei em dúvida
se te entregava o meu em troca.
Mas você me explicou
que ele não era um coração normal,
que ele foi feito em poesia
— um coração que bombeia amor
para vários outros corações.
Você me disse que o sangue que jorrava dele
corria na minha, na sua
e na veia de todos que conseguiam
enxergar a vida de olhos fechados.
E aí, quando você me disse isso tudo,
em vez de ficar com ciúmes do seu coração,
eu fechei os meus olhos
e fiquei com o coração
pulsando nas mãos.

Published by

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s