Quando uma brisa passa

Uma brisa que quase ninguém nota
refresca a tarde onde quase todos estão.
Desarruma os cabelos de uma mulher
que acaba de sair do salão,
chacoalha as folhas de uma árvore
como quem sopra a sujeira
de um móvel empoeirado
e ajuda um panfleto publicitário
a atravessar a avenida.
Daí a brisa passa
e quase ninguém nota
que ela é feita um pouco de vento
e outro pouco de poesia.

 

Published by

3 thoughts on “Quando uma brisa passa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s