Eu não falo só de amor nos meus poemas

Não. Eu não falo só de amor
nos meus poemas.
Outro dia,
um galo no interior do país
foi levado por uma enxurrada de mar,
uma nuvem choveu um poema
que eu mesmo fiz
e um pássaro quase morreu
quando aprendeu a voar.
Não. Eu não falo só de amor
nos meus poemas,
mas quase sempre
é sobre o céu,
a terra
ou sobre amar.

Published by

3 thoughts on “Eu não falo só de amor nos meus poemas

  1. Não, eu não falo só de amor, porque amar não é um acto, amar é uma certeza de vida, mesmo que chova, mesmo que cantem galos em plena tarde, eu não duvido, o sol desvirginará a madrugada… Rasgando-a de luz… Gostei…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s