Camarim

A gente finge
que sabe amar,
mas não sabe.
E ama como se encenasse
peças de teatro
e se declama
como se o “eu te amo”
fosse a única fala dessas peças.
Mas o amor não é isso.
O amor é o abraço
que a gente se dá no camarim
depois que a peça termina
e quase ninguém vê.

 

 

Published by

2 thoughts on “Camarim

  1. Sou apaixonada por cada uma das palavras que você escreve, de um jeito tão simples e ao mesmo tempo completo você coloca em cada linha um sentimento novo, um pensamento recém-descoberto, causa uma sensação diferente. Seu blog é um dos meus favoritos, já te acompanho há um tempo, mas nunca parei para expressar o meu carinho pelos seus escritos.
    http://www.luaintensa.com.br

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s