Poema açucarado

Gosto
do poema açucarado.
Escrevo versos
como quem faz doce
na confeitaria.
Primeiro, amasso as palavras.
Depois, as deixo descansarem
até dormir.
E quando acordam,
eu jogo um quilo de amor
por cima.
Quem me conhece sabe
que o meu doce favorito
é sonho de padaria
ou de poesia.

Published by

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s