Palavras aleatórias

Rios, pássaros
paredões de nuvens…
Jogo palavras aleatórias ao céu
só pra não falar de amor.
E eu te amo.
Amo as aves, as montanhas,
os seres extraterrenos.
E por amar tão alto,
atravesso paredões de nuvens.
Talvez, então, amar seja isso:
atravessar paredões de nuvens,
jogar palavras aleatórias ao céu,
inventar nomes, falar de natureza,
fingir que ama os bichos
só pra não falar
que eu te amo.
E eu te amo.
Mesmo que escondido
entre uma palavra
e outra.

Published by

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s