Carrossel

Carrossel

Essa cena eu só tinha visto nos filmes:

um casal que se ama e se beija

em frente ao carrossel.

Um beijo cinematográfico,

uma cena montada,

com luzes e câmeras especiais.

Mas não.

Essa cena é real e quem montou foi o amor.

Nos beijamos em frente ao carrossel,

como se nos beijássemos em um filme,

mas nem pensamos no filme.

Os corpos emborcados,

que se esforçam mais para o beijo

do que para a câmera,

é a cena real do amor.

Duas bocas que se tocam,

como se tocam nas cenas de cinema.

Eu nunca tinha beijado um amor

como se beija em cenas de cinema.

Eu nunca tinha beijado um amor

em frente a um carrossel.

E nessa minha estreia no cinema-verdade,

eu mal consigo me lembrar

como é o carrossel.