Onde a Saudade Mora

28 Comments

  1. Seguuuuuuura!!!!!

    (abraço Lucão)

  2. Bem ao estilo sertanejo, rs. Mas vc pode, tá? 😉

    Beijo!

  3. rs
    não era a intenção.
    é quase uma lamentação, tipo choro de viola caipira, tá?
    mas tá…
    cimbora! hehe

    (sertanejo nãaaao!)

  4. Brincadeirinha, querido. Gosto das suas criações, todas uns amores! 🙂

    Beijinho.

  5. “saudade palavra triste qdo se perde um grande amooooorrrr….”

    brincadeira, nao me lembrou essa música não…

    talvez algo tipo renato teixeita x)
    como sempre, mto bonitinho

    =***

  6. Vim da Lara ler-te! Saudade é combustível da dor. É dela a ânsia de não mais lembrar. Abs meu caro.

  7. Falou pelo meu coracao…rs
    ta gostando de perdas e ganhos,eu gostei…
    =*

  8. mas ó, só se tem saudade de coisa boa, então deixa a saudade ficar e pede pra ela voltar.
    bjs

  9. Aô, modãooooo!

  10. É cara, fez uma bela melodia.
    Desde as margens do Rio do Carmo saio a convidar meus amigos do mundo, para que vejam a poesia que falo, o conto que conto e a crônica que narro. Você não conhece o Rio do Carmo? Não lhe culpo de nada. É tão pequenino o meu lugar. Mas ainda assim eu falo, pois é mundo, e quando se é mundo nunca falta o que falar.

    Abraço do Jefhcardoso e lhe espero no http://jefhcardoso.blogspot.com.

  11. Isso me lembra roça =)

  12. vira o disco e toca um samba…
    pois saudade já saiu de moda!

  13. J.

    Eu acho seus poemas tão musicais… Acho que já dá pra você gravar um CD (eu compro!)

    Beijos.

  14. Chora viola!!!

    Beijo Lucão. ^^

  15. kkkk morri de rir dos comentários sertanejescos do seu post rs até lembra…mas no fim o que fica é que a bendita (ou seria maldita) saudade só serve pra apurrinhar as idéias hahaha bjooo moço

  16. É disso que você falava sobre as sensações tristes que a saudade deixa?

  17. Ficou muito musical esse texto… É lindo! Dá pra imaginar a viola tocando! =)
    Saudades Lu!
    ;*

  18. Tem presente lá no meu blog pra você! ^^
    Beijo enorme!

  19. hehehehehehe
    Tá bem! vou gravar na viola hj e amanha eu posto, só pra acabar com essa história de modão hehehe
    😛

    beijos e abraços, srtas e srtos rs

    Estefani: que coisa boa! fico felizão. Mais tarde dou um pulo lá pra pegar esse danado hehehe

    🙂

  20. Maria Antonieta:
    esqueci de falar contigo sobre o livro. Pois sim, estou me surpreendendo. Normalmente nao gosto de livros assim, mas esse veio a calhar e ela é mto fofa. A leitura é ótima e recomendo pra pessoas do bem. Do mal não tem mta serventia
    rs

    beijos, qrida!

  21. Lucão, meu querido, obrigada pela tua visita, você é muito carinhoso.
    Eu tenho para lhe dizer:
    Meu choro toca na tua viola, e a tua viola acompanha meu choro, choro de quem implora: por canto, música, poesia.
    Lindo! beijo proce!

  22. Este comentário foi removido pelo autor.

  23. A saudade, essa semana, tomou conta da blogosfera, né?

    =)

    Beijocas!

    ℓυηα

  24. eh do mal realmente no ha muita serventia,ele eh meu livro de pesquisa pra construcao de um solo…
    =*

  25. De um lirismo singelo e encantador…

    Parabéns.

  26. Ah, adorei! Vi até aquele capim de canto de boca e o cigarro de palha na mão. Na outra, a viola.
    🙂

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.