Lóbulos

Sinto falta
dos nossos beijos
e também da sua boca.
Sinto falta dos abraços
e também dos braços,
do seu peito no meu peito,
minhas mãos nas suas costas,
suas mãos no meu pescoço.
Sinto falta do jeito
que o relógio demorava
quando a gente se encontrava.
Quem botou pilhas novas
no relógio de parede?
Ninguém mais beijou
o lóbulo da minha orelha
depois que você
beijou o lóbulo da minha orelha.
Sinto sua falta
como se sentisse saudade.
E se for mesmo saudade,
será que é… amor?
Se essa falta insistir
por muitos dias,
te escrevo outra carta
pra dizer que te amo.

Chique

Acho chique faltar as palavras.
Esse instante que a gente
tenta dizer algo bonito
e as palavras não vêm,
mas tem certeza
que essa coisa que a gente
queria dizer é tão bonita
quanto um poema.
Faltar as palavras
é coisa de poeta.
Um poeta sem poema,
mas com uma vocação
imensa.