Poliglota

Poliglota
Eu te amo
Em todas as línguas que conheço.
E nas que não conheço,
Faço mímicas,
Gesticulo, murmuro barulhos,
Até que entendam o meu amor.
E se não entenderem,
I send you a kiss,
Faço coração com as mãos,
Compro flores,
Digo que te odeio.
As pessoas entendem o ódio
Em qualquer língua,
Mas o amor,
They dont know so much.
Eu te odeio tanto, meu amor.
E eu te amo tanto, meu ódiozinho.
Vamos viver esse ódio entrincheirados,
Enquanto ele se espalha
E derrama a cor vermelho-sangue,
Que é a mesma do amor,
Em todos.